No Poo e Low Poo (créditos Canva)
No Poo e Low Poo (créditos Canva)

No Poo e Low Poo: conheça as técnicas e descubra se são indicadas para o seu cabelo

Se você já ouviu falar de produtos No e Low Poo, mas não sabe se a técnica é adequada para os seus cabelos, esse artigo pode te ajudar.
2 Compartilhamentos
2
0
0
0
0
0

Low Poo e No Poo significam “pouco shampoo” ou “sem shampoo”. Essa técnica serve para cuidar dos fios de forma mais natural. Ela foi criada pela cabeleireira inglesa (com cabelos cacheados) Lorraine Massey. Ela observou que sempre que lavava os cabelos, eles ficavam ressecados, então, passou a não usar mais shampoos.

Mas por que lavar os cabelos com shampoo resseca os fios?

Os shampoos contêm surfactantes, sendo os mais comuns os sulfatos que removem as sujidades do couro cabeludo e dos fios. Eles funcionam como detergente, “varrendo” a oleosidade e sujeiras, assim como quando lavamos louça e o detergente remove a gordura do prato.

No entanto, os sulfatos também removem a hidratação natural dos fios, abrindo a cutícula, deixando-os ressecados, sem brilho, com frizz e difícil de pentear.

Adotar uma técnica Low Poo significa usar sulfatos com mais fracos, enquanto a técnica No Poo elimina totalmente os sulfatos.

No Poo, Low Poo e Co-Wash: qual a diferença?

Como falamos acima, a técnica Low Poo significa “pouco shampoo”, sendo assim, os adeptos reduzem o uso de sulfatos fortes, ou seja, usam produtos menos agressivos, mas ainda usam silicones.

Já a técnica No Poo significa “sem shampoo”, este método consiste na lavagem dos cabelos sem o uso de agentes limpantes que retiram os resíduos dos fios e, por isso, não é permitido usar silicones insolúveis em água.

Enquanto isso, o método Co-Wash significa lavagem condicionante que é lavar os cabelos apenas com condicionador. É importante ressaltar que os condicionadores não devem conter silicones ou petrolatos.

Quando usar as técnicas No e Low Poo?

Quando usar a técnica No Poo e Low Poo (foto Canva)

Cabelos cacheados e crespos possuem a fibra naturalmente mais ressecadas, portanto precisam de uma limpeza mais suave com produtos No Poo ou Low Poo.

Cabelos agredidos por química (alisamentos, tintura) ou calor em excesso também podem se beneficiar com uma rotina de cuidados capilares Low Poo.

Como começar a usar as técnicas No e Low Poo?

Primeiro, lave seu cabelo com um shampoo de limpeza profunda que tenha surfactantes fortes para eliminar qualquer resíduo de petrolatos e silicones e não causar o efeito Build Up, também conhecido como Acúmulo de Resíduos no Cabelo (ARC).

Após isso, use apenas produtos liberados para a técnica escolhida. Ou seja, produtos livres de surfactantes e silicones insolúveis.

Mas, se não usarmos sulfatos, a limpeza será mais suave e o cabelo vai ficar oleoso e pesado? Sim, isso pode acontecer. Adotar a técnica No e Low Poo significa também eliminar ativos que aderem aos fios e só são removidos com sulfatos tais como alguns silicones, parafina e óleo mineral.

Estes ativos são usados para diminuir o frizz, deixar os cabelos macios e com brilho, no entanto, com o tempo podem formar uma “capa” na haste capilar, impedindo a entrada de nutrientes, deixando os cabelos opacos e pesados – é o famoso efeito Build Up – e a maneira de eliminar esses resíduos é com o uso de surfactantes fortes.

E agora, qual a solução?

Se eu usar sulfatos meus fios irão ressecar e, se eu não usar, vão ficar pesados? Calma!

Vale ressaltar que esses componentes proibidos para o No e Low Poo já evoluíram desde que a técnica foi criada e não causam mais os danos que causavam antes. Mas se ainda quer cuidar dos seus cabelos de forma mais natural, nós vamos te ajudar!

Nosso quiz #MyHairMe vai definir sua categoria capilar de acordo com o tipo de couro cabeludo e fios e vamos indicar uma rotina de cuidados para os cabelos com os produtos indicados que equilibram a limpeza e a hidratação, mesmo quando sulfatos forem necessários.

Um dos cuidados indicados por nosso time #HairMe é a Lavagem Segmentada para uma limpeza adequada do couro cabeludo, sem ressecar os fios.

Gostou do conteúdo? Tem dúvidas? Compartilhe e escreva aqui pra gente!

2 Compartilhamentos